domingo, 2 de abril de 2006

A laranja

A laranja ficou verde de indignação quando descobriu que tinham pintado o céu de azul e o tronco da árvore de castanho, quando laranja seria obviamente a cor apropriada. E tão indignada estava que começou a agitar-se no ramo onde estava pendurada.
Passou o Artur que vinha da escola, olhou-a curioso e... chamou-lhe um figo!

1 comentário:

fgs disse...

Para desgosto das laranjas vaidosas a natureza não é troca-tintas.