domingo, 12 de outubro de 2008

Sinais de pontuação

Agradeço ao Nuno Fonseca uma frase, que falava de vírgulas, e que despoletou a escrita deste texto.

Memorando

De: Joaquim Silva, fiel de armazém
Para: Dr. Armando Aguiar, chefe do Departamento de Compras
Assunto: Sinais de pontuação

Em cumprimento da O.S. 75/2008, tenho a reportar o seguinte sobre a existência em armazém de sinais de pontuação:

1. Pontos de interrogação: quantidade suficiente. O consumo não é muito elevado, porque hoje em dia são raras as pessoas que se interrogam, e interrogar outros é como se sabe uma operação de risco, que tem de ser realizada com as devidas cautelas.

2. Pontos de exclamação: já praticamente ninguém se admira ou se espanta (o que não é de admirar), pelo que o consumo tem sido também muito baixo. Quantidade suficiente.

3. Reticências: como se sabe, não é prudente colocar reticências, em particular a sugestões vindas de cima, pelo que este é um sinal muito pouco usado. Se, de forma imprevista, o seu consumo aumentasse, poderiam sempre fabricar-se com 3 pontos finais.

4. Dois pontos: De uso cada vez menos frequente, a quantidade existente, embora pequena, é suficiente. Numa emergência podem usar-se dois pontos finais alinhados na vertical.

5. Ponto e vírgula: Acusado de cortes no discurso, este sinal continua a ser olhado com suspeita. A quantidade em armazém é suficiente. Em caso de necessidade pode ser construido com um ponto final e uma vírgula alinhados na vertical (o ponto em cima, a vírgula em baixo).

6. Ponto final: A quantidade em armazém precisa ser reforçada, não tanto por razões de utilização actual – verifica-se que os discursos continuam a ser pouco assertivos e portanto pouco finalizadores – mas porque podem ser utilizados na construção de reticências, dois pontos e ponto e vírgula. Propôe-se a compra de uma embalagem de 50000 pontos, porque o custo por ponto é francamente mais baixo do que nas embalagens de 20000 pontos.

7. Vírgulas: Sinal de grande utilização. Uma vírgula seguida de uma frase que repete por outras palavras o que acabou de ser escrito é um recurso estilístico muito frequente. O nosso fornecedor Acentos & Sinais SARL tem durante este mês as vírgulas em promoção, pelo que se propõe a compra de 2 embalagens de 20000 vírgulas.

8. Propõe-se ainda a compra de 5000 acentos agudos e graves, pois com muita frequência são colocados erradamente, e sempre que isso acontece têm de ir para o lixo, porque não podem ser reciclados.

9. Sugere-se no entanto que antes de firmar as encomendas, seja feita uma consulta ao Departamento Jurídico, para tentar prever as implicações da entrada em vigor do Acordo Ortográfico sobre os padrões de consumo de sinais de pontuação na nossa organização.

8 comentários:

Miguel Garcia disse...

Boa tarde João Ventura,
Eu cá gasto muitos "...", espero que não haja uma ruptura... (lá se foi mais uma unidade de "..." ...)
Abraços

João Ventura disse...

Olá Miguel
Gasta mas com moderação! Olha que os tempos são de crise...
:-)
Sds.

n.fonseca disse...

Nota à Factura-Recibo respectiva:

Agradecemos a cuidada atenção na elaboração da Sua encomenda, bem como a respectivapreambulação. Tivemos o cuidado de não fazer passar a sua encomenda pelos distribuidores Saramago e valter hugo mãe, de modo a não ser interrompido o fluxo comercial necessario às nossas frutuosas transacções.
Se houver material entregue danificado, fazemos questão de o repôr, embora por enquanto só tenhamos fontes em formato html para o efeito.

Ass: Nuno Fonseca

Nota final: Obrigado João.
:)

João Ventura disse...

To Nuno
It was a pleasure making business with you.

Signed
JV

;-)

Maria, Simplesmente disse...

Não usem muitos porque fica caro ao Etado. Olhem a crise... no entanto, antes que subam os preços façam um bom fornecimento. Armazenar no tempo barato é economia no futuro.
Cumprimentos
Maria

Maria, Simplesmente disse...

Desculpe-me afinal estou a economizar letras, escrevi Etado quando queria dizer Estado.
As letras são ao mesmo preço ou já subiram também?
Mais uma vez cumprimentos.
Maria

João Ventura disse...

Olá Maria
As letras também estão com tendência para subir, mas para os clientes habituais faz-se sempre uma atençãozinha
:-)

Saudações

Maria, Simplesmente disse...

Vim ler mais uma vez este texto, adorei!
O seu blog é uma maravilha, amanhã vou ler com mais tempo.
Boa noite
Maria