sexta-feira, 28 de março de 2008

A Nanomoda

Houve um tempo em que a nanotecnologia era o que estava a dar: eram institutos, conferências, revistas científicas, patentes, spin-offs, acções cotadas na bolsa...
Mas os cientistas foram ficando cada vez mais pequeninos(*), e quando menos se esperava, a bolha nano rebentou, com as consequências por demais conhecidas: falências, desemprego, crise bolsista, reavivar dos nacionalismos, etc, etc.
Foi aí que apareceu a nova coqueluche: a picotecnologia.
E os profetas da desgraça anunciaram: "E isto não vai ficar por aqui..."

(*) Há dúvidas entre os linguistas se esta frase deve ser entendida num sentido real ou metafórico...

6 comentários:

Francisco Norega (eragon369) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Garcia disse...

Boa noite,
é inevitável fugir à rapidez da evolução tecnologica...
Daqui a uns anos, meses...(dias? ) a Picotecnologia irá dar lugar à tecnologia Inivisivel... ou algo que seja suficientemente tão pequeno que envergonhe os seres microescopicos que habitam há milhares de anos o nosso planeta... se é grave? não sei... mas assusta...
Abraço!

Francisco Norega (eragon369) disse...

Ermmm... Confesso que não conhecia o termo picotecnologia, e após uma pesquisa rápida no google conclui que ainda não está muito divulgado. Pelo menos, na wiki, só há artigo mesmo em inglês.
Anyway, se a nanotecnologia me faz um pouco de confusão, a picotecnologia ainda mais. Nunca percebi muito bem como é que se consegue manipular particulas tão pequenas.
E o asterisco está muito cómico XD

Continuação de boa escrita e gostava que desses uma olhadela ao meu blog ;-)


PS: Comentei o texto da Minguante :-)

jcb disse...

A imagem do nosso tempo tecnológico: Automóveis correndo incessantemente a caminho de um lugar de onde um número igual de automóveis parte em sentido contrário.

caio disse...

Essa continua redução de tamanho esta chegando ao seu limite. Se tais componentes tornarem-se muitos menores do que já são, fenômenos quânticos passarão a interferi em seu funcionamento.

Cândice Felippi disse...

Olá, acho importante lerem o artigo explicando a picotecnologia.
http://viciadaemcosmeticos.blogspot.com.br/2013/11/qual-o-tamanho-das-tecnologias-o-que-e.html